Artform
Literatura

Destaque: Programa British Council de Tradução Literária

Programas de mentoria e residência para tradutores literários brasileiros e britânicos

Como parte do seu programa de Tradução Literária, o British Council oferece duas oportunidades de desenvolvimento profissional para tradutores literários do Brasil e do Reino Unido em início ou meio de carreira, sendo uma vaga de Mentoria e uma de Residência Literária para cada país. Os selecionados terão a oportunidade de desenvolver suas habilidades e a qualidade de seus trabalhos em atividades programadas para 2015. 

As inscrições para os programas estão encerradas. Os interessados apresentaram seus currículos e também uma amostra do texto que pretendiam trabalhar durante a residência ou a mentoria. 

Veja mais detalhes sobre cada um dos programas e conheça os tradutores selecionados abaixo:

Programa de Mentoria

Realizado em parceria com o British Centre for Literary Translation (BCLT) e o Writers’ Centre Norwich (WCN), e com o apoio do Arts Council England, o Programa de Mentoria se destina a tradutores residentes no Brasil que pretendam trabalhar na tradução de um livro de um autor britânico durante o programa. O mesmo vale para os profissionais residentes no Reino Unido, que deverão trabalhar na obra de um escritor brasileiro. Nos dois casos, não é necessário que o profissional possua um contrato editorial para a tradução do livro escolhido. As atividades se iniciarão em fevereiro de 2015, com finalização e entrega de relatório em agosto de 2015. Veja o regulamento completo.

Conheça os tradutores selecionados para o Programa de Mentoria

BrasilCristian Clemente, 30, São Paulo. É tradutor literário e editor-assistente na Editora Quadrante. Traduziu cinco romances juvenis da escritora norte-americana Kiera Cass, publicados pela Editora Seguinte / Companhia das Letras. Cristian é um grande admirador da Literatura Britânica e pretende aproveitar o período de mentoria para trabalhar na tradução de Helena, de Evelyn Waugh, que será seu primeiro romance adulto e ainda não foi publicado no Brasil.

Reino UnidoAnnie McDermott traduz ficção e poesia do português brasileiro e do espanhol. Suas traduções foram publicadas em revistas e antologias como GrantaAsymptoteWorld Literature Today e Traviesa. Em 2014, foi tradutora residente no Crossing Border Festival, em The Hague. Em 2013, foi vice-campeã do Harvill Secker Young Translators’ Prize com a tradução de um conto da escritora brasileira Adriana Lisboa. Annie já morou e trabalhou em São Paulo e na Cidade do México, e agora reside no East End, em Londres.

 

Programa de Residência Literária

Em parceira com o BCLT, o WCN e a Flip - Festa Literária Internacional de Paraty, e com o apoio do Arts Council England, o British Council oferecerá duas residências literárias, sendo uma no Reino Unido para um tradutor inglês-português, residente no Brasil, e outra no Brasil para um tradutor português-inglês, residente no Reino Unido.

O tradutor brasileiro selecionado passará três semanas na Inglaterra, entre abril e maio de 2015, e terá sua base na cidade de Norwich, eleita cidade da literatura pela Unesco. Além disso, terá a chance de participar de diversas atividades de debate e networking durante a London Book Fair, em Londres. Veja o regulamento completo.

Conheça os tradutores selecionados para as Residências Literárias

Brasil - Dirceu Villa, 39, é doutor em Literaturas de Língua Inglesa pela Universidade de São Paulo. Já traduziu os livros Lustra, de Erza Pound, Imagens de um mundo trêmulo, de John Milton, e Um anarquista e outros contos, de Joseph Conrad, e é autor de três coletâneas de poesia. Durante sua residência no Reino Unido, pretende enfrentar um dos maiores desafios para um tradutor de poesia inglesa do século 20: a tradução de Briggflatts, do poeta modernista Basil Bunting (1900-1985), um autor central na cultura britânica, mas pouco conhecido no Brasil.

Reino Unido - Zoe Perry, 33, é formada em Letras e Estudos Internacionais pela Guilford College, nos Estados Unidos, e é mestre em Comunicação Intercultural pela Anglia Ruskin University, no Reino Unido. Participou também de diversos cursos e oficinas voltadas à tradução literária e da Escola de Inverno de Tradução Literária, em Paraty. Traduziu obras de Rodrigo de Souza Leão, João Ximenes Braga, Sérgio Rodrigues e Paulo Coelho, além do escritor moçambicano Mia Couto. Escreve e edita o blog Gringa Reads, sobre livros em português ainda não traduzidos para o inglês, com o propósito de divulgar a literatura brasileira para os leitores de língua inglesa. Durante sua residência no Brasil, irá se dedicar à tradução já em andamento -  porém ainda sem contrato editorial - do romance Opisanie Swiata, de Veronica Stigger.